www.centrocelsofurtado.org.br

Imprimir Assine 
Compartilhe

Development Journals nº 1


 

Rio de Janeiro, julho de 2006, ano 1, nº 1
280 páginas
ISSN - 1809-8606

 

 


O primeiro número de Cadernos do Desenvolvimento traz textos de grandes estudiosos brasileiros e latino-americanos que, em novembro de 2005, se reuniram em Brasília no seminário internacional A atualidade do pensamento de Celso Furtado, promovido pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal.

Sumário
 

Rosa Freire d’Aguiar Furtado – Jornalista. Viúva de Celso Furtado
Renan Calheiros – Senador. Presidente do Senado Federal
Aldo Rebelo – Deputado. Presidente da Câmara dos Deputados
Luiz Dulci – Ministro chefe da Secretaria Geral da Presidência
da República
Waldir Pires – Ministro da Controladoria Geral da União
Luiz Otávio – Senador. Presidente da Comissão de Assuntos
Econômicos do Senado Federal (CAE)
Aloizio Mercadante – Senador. Membro titular da CAE
Guido Mantega – Presidente do BNDES
José Luis Machinea – Secretário executivo da CEPAL
 

Maria da Conceição Tavares – Professora emérita da UFRJ
Osvaldo Sunkel – Ex-diretor do Centro Cepal-BNDE. Professor do Programa de Desenvolvimento Sustentável da Universidade do Chile


Tânia Bacelar de Araújo – Professora da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
 
Luiz Carlos Bresser-Pereira – Professor da FGV-SP
 
 
25 de novembro
 
5. Mesa 3 – Projetos Nacionais de Desenvolvimento 
 
Aldo Ferrer – Professor da Universidade de Buenos Aires/Diretor da Cadeira de Estratégia Econômica Internacional
Aloizio Mercadante – Senador. Membro titular da CAE
Arturo Guillén R. – Coordenador da Rede Eurolatinoamericana de Estudos para o Desenvolvimento Celso Furtado
Marco Aurélio Garcia – Assessor-chefe da Assessoria Especial da Presidência da República
   
 
Ricardo Bielschowsky – Economista da CEPAL
Octavio Rodríguez – Professor da Universidade de Montevidéu
Clemente Ganz Lúcio – Conselheiro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social
Márcio Pochmann – Professor da Unicamp
Carlos Lessa – Professor da UFRJ
 
 
Theotonio dos Santos – Professor da UFF/RJ
Helio Jaguaribe – Decano-fundador do Instituto de Estudos Políticos e Sociais
Embaixador Rubens Ricupero – Ex-secretário executivo da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento
Maria da Conceição Tavares
Rosa Freire d’Aguiar Furtado
 

“Hoje estou convencido de que os recursos científicos de que dispomos são insuficientes para enfrentar os problemas de nossa civilização material, a começar pelo mais urgente: a superação do subdesenvolvimento, que preocupa a todos nós aqui presentes. Que se parta de uma visão microeconômica ou macroeconômica, qualquer que seja o exercício analítico, a dimensão política do processo de desenvolvimento é incontornável. A história nos demonstra que o avanço social dos países que lideram esse processo não foi fruto de uma evolução automática e inercial, mas de pressões políticas da população. São estas que definem o perfil de uma sociedade, e não o valor mercantil da soma de bens e serviços por ela consumidos ou acumulados. Em outras palavras, só haverá verdadeiro desenvolvimento – que não se deve confundir com “crescimento econômico”, no mais das vezes resultado de mera modernização das elites – ali onde existir um projeto social subjacente. É só quando prevalecerem as forças que lutam pela efetiva melhoria das condições de vida da população que o crescimento se transforma em desenvolvimento.” (CELSO FURTADO, junho de 2004)

Cadernos do Desenvolvimento retomam esse texto de Celso Furtado, escrito poucos meses antes de seu falecimento, movidos pela certeza de que suas palavras são uma síntese magistral da visão do desenvolvimento. E a essência de um legado que, por sua densidade, é uma convocação a todos os que partilham das ideias e que norteiam essa nova publicação do Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento.





Centro Celso Furtado © 2011 - All rights reserved